• Time - BoardUp

E-mail marketing: como melhorar sua taxa de abertura (10 HACKS E DICAS!)

O e-mail marketing com certeza é um dos melhores canais para você trabalhar uma questão chave do seu negócio – o relacionamento com os seus consumidores / consumidores em potencial.



gif


Além de ter um preço muito acessível (inclusive pode ser feito de maneira gratuita até um certo limite) o trabalho de coletar e se relacionar com sua audiência através de e-mail apresenta vantagens indiretas associadas ao uso do e-mail, sendo a principal delas a utilização dessa lista de e-mail para envio direto de campanhas publicitarias no seu Facebook for Business, Google ADS e outros.


Bom, mas vamos lá direto ao ponto.


Agora que você já entendeu da importância que a sua lista de e-mail apresenta para o seu negócio, vamos tratar agora especificamente sobre tudo o que você precisa fazer para conseguir uma taxa de abertura maior... ou seja, para que você garanta que o seu remetente irá abrir, ler e tomar uma decisão ao receber o seu e-mail.



1 – Quem e como é definido se meus e-mails serão bem distribuídos ou não?


Primeiro de tudo, quero que você tenha em mente que a reputação da sua campanha de e-mails depende desses 7 fatores:





  1. Número de e-mails enviados

  2. Número de drop-out – pessoas que pediram para não receber mais seus e-mails

  3. Número de spam – pessoas que marcaram seus e-mails como spam

  4. Taxa de abertura – % de pessoas que estão recebendo e abrindo seus e-mails

  5. Taxa de clique – % de pessoas que estão abrindo e clicando em links que você disponibiliza no corpo do seu e-mail

  6. Frequência de envio – se você apresenta uma periodicidade no envio de e-mails

  7. Número de inscritos – se as pessoas que você está enviando esses e-mails são pessoas que realmente colocaram o e-mail delas no seu site


Todos esses fatores são avaliados por um organismo internacional de cooperação entre governos e entidades privadas (ISPS) com o intuito de desenvolver métodos de proteção para o usuário e isso inclui o compartilhamento de dados pessoais e utilização deles sem a autorização do usuário.


E com isso, é calculada uma nota para o seu e-mail, em que, quanto maior for essa nota, melhor será a divulgação das suas campanhas de e-mails para os seus prospectos.


Mas, eu consigo saber qual é essa nota, afinal de contas?


SIM, consegue! Basta acessar ao site Sender Scores clicando aqui que você terá acesso a nota do seu e-mail.


Perfeito, agora que você já entendeu quais são os fatores avaliados que irão definir uma boa taxa de entrega dos seus e-mails, vamos para o próximo tópico.



2 – Como melhorar a nota do meu e-mail e garantir que ele será aberto pelos meus clientes em potencial?


Agora vamos passar por 10 truques fundamentais para você ter guardado na manga antes de desenvolver sua estratégia de e-mail marketing.


Vamos lá então!



1. Escolha uma boa plataforma para envio dos seus e-mails.


Nesse caso aquela velha frase feita “o barato, as vezes, sai caro” cai como uma luva.


Atente-se ao escolher uma plataforma que garante o envio adequado dos seus e-mails e caso seja preciso, pague uma mensalidade para ter acesso a uma de qualidade. Esse vai ser um investimento que valerá a pena, tenha certeza!


2. Confirmações.


Quando o seu consumidor em potencial colocar o e-mail dele no seu site ou plataforma, é muito importante que você já tenha programado um envio de e-mail automático que peça para que ele vá até lá realizar uma ação de confirmação.


E o que é isso, afinal de contas?


É simplesmente garantir que ele vai abrir o e-mail e interagir com ele... seja clicando em algum link que você disponibilizou e/ou respondendo ao e-mail a seu pedido apenas em caráter de garantir que ele irá receber os e-mails futuros.


É simples assim, portanto não se esqueça de realizar esse loop.


3. Mais texto e menos imagem. Menos é mais.


Assim como você no seu dia a dia costuma enviar e-mails para as pessoas apenas com o texto que gostaria que elas lessem e nada mais, a lógica aqui é a mesma.


Atente-se a não colocar muitas imagens, isso além de deixar o e-mail pesado dá a entender logo de cara que é só mais um daqueles e-mails de anúncios que ninguém gosta de receber.


Seja criativo e lembre-se, este canal funciona como um excelente meio de relacionamento e não como uma panfletagem digital.


4. ASSUNTO!


Preste muita atenção no assunto do seu e-mail... esse é o ponto que você pode e deve perder um bom tempo formulando mesmo sendo apenas uma simples frase ou palavra.


De nada vai adiantar o tempo que você perdeu formulando o seu e-mail se as pessoas não abrirem, não é mesmo?


Por isso, a palavra-chave aqui é: curiosidade. Lembre-se, o ser-humano é curioso por natureza... a gente quer saber, a gente quer entender... então desperte esse sentimento ao enviar um e-mail.


5. Sua marca é importante, mas foco no conteúdo.


Quantas vezes você já não abriu um e-mail e ao ver logo de cara a marca de uma empresa já fechou sem nem se quer ler uma linha?


Pois é... nossa dica para você é focar em já explicar logo de cara a principal mensagem do seu e-mail para garantir que quem está lendo se prenda e tenha desejo de continuar a leitura.


Não tenha medo de mandar e-mails muito grandes... na verdade isso é ótimo porque mostra que você realmente tem conteúdo para entregar. Isso vai garantir uma taxa de abertura e clique muito maior, fato que irá contabilizar de forma positiva na nota do seu e-mail.


6. O simples é o melhor. Sempre.


É muito comum a gente ver pessoas brilhando os olhos para formatos de e-mail mirabolantes com colunas, imagens, gif, vídeos etc.


Mas, tenha cuidado.


É como falamos já... e-mail é relacionamento e como todo relacionamento, só será proveitoso se for pessoal... íntimo... como se alguém estivesse realmente falando com o seu cliente em potencial e não um robô qualquer. Então apenas escreva e guarde as perfumarias para o fim do e-mail.


7. Não compre listas de e-mail!


Um dos critérios mais rígidos da ISPS é em relação a isso. No passado recente era muito comum a venda de lista de e-mails e por isso tinha pessoas que chegavam a receber mais de 100 e-mail marketing por dia na sua caixa de entrada.


Uma loucura.


Portanto, não faça isso porque você correrá um risco enorme de ter o seu e-mail mal avaliado pela ISPS e, portanto, será considerado spam.


8. Reputação do seu domínio.


Outro fator analisado pela ISPS de uns tempos para cá é em relação a gestão do seu domínio. Portanto, atente-se em cumprir os requisitos certinhos do local onde seu site está hospedado para que você não corra riscos também de ser mal avaliado de forma injusta.


9. Horário de envio.


Existe o melhor horário e o melhor dia? Claro que existe.


E qual é? Depende.


Já vimos muitas pessoas querendo “bater o martelo” a respeito do melhor horário e melhor dia para se enviar os e-mails mas veja bem... o seu público pode variar desde senhoras de 70 anos até adolescentes de 15. Portanto, como pode-se afirmar o melhor horário e dia para o mundo todo?


Isso não faz sentido.


Mas, o que fazer então?


Bom, para isso vale a máxima do marketing digita – medir e testar sempre.


Crie fluxos de testes... ou seja, mande seus e-mails em dias e horários diferentes para a sua audiência e verifique através da sua plataforma de envio de e-mail marketing quais foram as campanhas que obtiveram melhor resultado.

Não existe solução mágica.


10. Certificação de e-mail.


Oi? Existe isso?


Sim, existe e custa caro.


Porém, pode ser algo para você deixar anotado quando o seu negócio já estiver em outro nível ou então caso já esteja vale a pena conferir.

A mais indicada para você analisar é feita pela Return Path.


11. BÔNUS – apenas agregue valor.


Independente do seu negócio, você sempre pode agregar valor para a sua audiência com informações que realmente cause transformação.


“Ah mas, eu vendo tênis na internet... como eu vou fazer isso?”


Não importa o produto ou o serviço. Lembre-se que sua oferta precisa estar, obviamente, atrelada ao seu produto, mas é algo diferente.


Por isso, aqui fica a dica mais simples, porém a mais valiosa que nós da BoardUp podemos dar para você...


Você só cria um bom relacionamento quando agrega valor sem pedir nada em troca... primeiro a gente dá, depois a gente pede!


Obrigado pela leitura, e não se esqueça de baixar os nossos materiais de empreendedorismo e vendas clicando aqui. São mais de 140 páginas de conteúdo para você começar o seu negócio agora mesmo ou levar ele para outro nível.


É claro que só podia ser da BoardUp.


Até a próxima.



CLIQUE AQUI e dê o seu primeiro passo para começar a empreender!

Muito obrigado pela leitura! Se você gostou, compartilhe!


Estar bem informad@ não é impossível!


Empreendedorismo? BoardUp!



#tinhaqueserBRASILEIRO

#empreendedorismo #boardup #e-mail #marketing