• Time - BoardUp

Acordos e Parcerias para alavancar o seu negócio

Resumo: Aqui você aprenderá sobre um dos Canais de Aquisição de Clientes menos explorados e que literalmente qualquer negócio pode utilizar como uma grande forma de se escalar e aumentar a sua autoridade frente ao mercado e seus consumidores.



Do que se trata o Canal de Acordos e Parcerias?


gif


Nesse Canal o seu foco é buscar por empresas ou pessoas que sejam parceiros para te ajudar a alcançar os objetivos da sua empresa, seja ela na obtenção de novos clientes, facilitar alguma parte da sua operação, agregar mais valor a sua solução, aumentar sua visibilidade ou qualquer que seja o seu objetivo atual do seu negócio.

Por isso, essa estratégia pode se torar uma grande arma para empresas que saibam trabalhar com ela, pois ter outras marcas, pessoas, influenciadores, representantes e empresas associadas ao seu negócio, é equivalente a associar a autoridade dessas outras entidades a sua!


Tanto que, devesse atentar para não se conectar com empresas que possam fazer o contrário, ou seja, afetar negativamente a sua autoridade frente ao mercado ou frente aos seus clientes.


Sabendo que não se trata apenas em agregar a autoridade, mas também essa estratégia é muito utilizada por empresas que buscam agregar mais valor a sua solução, isso ocorre principalmente quando você ao comprar um produto ou contratar um serviço e ganha um teste/amostra de outro produto ou serviço de uma outra empresa...


Porém, vamos com calma... que vou te explicar exatamente como isso funciona.


Vaja só um pouco mais a fundo como você pode usar esse Canal para acelerar o crescimento do seu negócio ou até construir um negócio onde essa pode ser uma das principais estratégia para te alavancar.


Mas você deve estar se perguntando... Será que consigo trabalhar com esse Canal no meu negócio atual ou no que eu quero abrir?



Posso usar esse Canal no meu negócio?



Esse é o Canal que literalmente qualquer negócio pode usar!



gif


Digo isso pelo fato que existem gigantescas vantagens em se conectar com empresas com acordos onde existe ganhos para os dois lados, pois não se trata apenas de um interesse unilateral, mas sim criar uma relação de interesse multilateral, trazendo vantagens a todo que estão se conectando.


Porém, o mais difícil com toda a certeza é identificar quais são as entidades certas para desenvolver uma parceria...


Então antes de se preocupar com isso, veja a seguir quais são as 3 principais razões pelas quais se busca desenvolver uma parceria:



Por Público:


Essa é a razão pela qual a maioria das empresas fecham uma parceria... Aqui o objetivo é ter acesso ao público que a outra empresa atinge, ou seja, é uma forma de você buscar oferecer a sua solução aos consumidores que essa outra empresa tem acesso.

Essa forma de parceria é muito vista quando empresas se conectam com Influenciadores, que se comunicam com um nicho muito específico de pessoas, assim, sendo um Canal mais direto para chegar ao público que você está buscando atingir.

Caso esse seja o seu objetivo, análise com muita calma e de forma bem crítica quem são as principais entidades, sejam elas empresas ou influenciadores (que não se engane, mas influenciadores também são empresas) que se comunicam muito bem com o público que você pretende atingir.



Por Operação:


Muitas empresas esquecem das possibilidades que existem com essa forma de parceria... Pois aqui, a parceria é construída com o objetivo de facilitar ou melhorar alguma parte da sua operação, ou até, muito mais que isso, pois empresas chegam a se conectar por terem operações que se complementam.

Essa forma de parceria tende a ocorrer em sua grande maioria por empresas que atuam em um mesmo mercado ou que fazem parte de uma mesma cadeia produtiva.

Porém tome muito cuidado para não confundir a parceria com contrato de prestação de serviço... Pois uma parceria é quando duas empresas se ajudam mutuamente como uma forma de cada uma atingir os seus objetivos.



Por Adicional de Valor a sua Solução:


Essa é uma forma que a todo momento nos deparamos, mas muitas vezes não vemos como uma oportunidade estratégica para o nosso negócio.

O Adicional de Valor é nada mais que agregar algum outro serviço ou produto de outra empresa a sua ou vice e versa com o objetivo, de por exemplo, conquistar um novo cliente, por estar entregando algo a mais que seus concorrentes.

Você pode observar esse tipo de parceria principalmente ao contratar um plano de celular... Pois ao fechar um plano, muitas vezes você ganha 3 meses grátis de uma plataforma de Streaming como NetFlix, Spotify, Amazon Prime Video ou qualquer outra coisa que não é um serviço ou produto da empresa da qual você está diretamente comprando.

Estas empresas como a NetFlix, está nada mais que fazendo uma parceria benéfica tanto para ela, como a operadora de celular... Pois a operadora ganha por estar gerando um benefício a mais que seus concorrentes e a NetFlix está captando novos leads para a sua base.


Mas agora... Depois que já sei quem pode ser um bom parceiro.... Como faço para chegar até ele?



Como contactar um Parceiro?



gif


Aqui não existe uma regra específica ou passo a passo a ser seguido, pois tudo depende de tamanho da entidade que quer se conectar, se já possuem algum canal próprio para desenvolver novas conexões, qual mercado atua e por aí vai...


Mas como você já sabe... Aqui não deixo ninguém na mão!


Então a seguir, vou passar alguns truques e pontos importantes que você tem que fazer para ter maiores chances de sucesso.


Primeiro de tudo, com toda certeza, você deve ser ter HUMILDADE!!! E falo isso, pois diversas vezes me deparei com propostas de parcerias onde o empreendedor era extremamente arrogante, dando a entender em sua fala que seria uma idiotice não fechar essa parceria, pois ele possuía nada mais que o melhor produto de todos ou que teria acesso ao público exato que estava precisando alcançar...


Veja só, como de cara, eu nem ao menos quis ouvir o que realmente ele tinha a falar... Pois com toda certeza não quero vincular a minha marca a uma entidade que tenha esse tipo posicionamento... Isso não tem nenhuma vantagem para mim... Além de poder afetar drasticamente o meu posicionamento no mercado.


Entenda que uma parceria é como um casamento... Mesmo você tendo um acordo muito bem escrito que indique de forma clara as obrigações e deveres de cada parte... Existem coisa fogem de seu controle! Então antes “namore” ou seja, conheça bem com quem quer fechar um acordo. E não se preocupe se esse processo demorar um pouco, pois isso é normal, o importante é não deixar essa relação esfriar.


Bom... Agora que já introduzi um pouco de como agir e enxergar a sua parceria... Vamos ao que prometi! Alguns pontos práticos para que você se prepare muito bem:


1- Defina muito bem o seu interesse na outra entidade que você busca fechar uma parceria! Digo isso, pois diversos empreendedores no momento do “namoro” com essa outra entidade esquecem do foco e acabam fechando acordos que não suprem exatamente as suas necessidades... Então muito cuidado para não perder o foco! E é claro que o interesse pode mudar ao longo dessa negociação, mas não esqueça de analisar essa mudança de forma racional e crítica.


2- Ganho mútuo! Faça uma análise crítica da entidade que você pretende se conectar, identificando pontos fortes e fracos... Assim, você poderá construir uma oferta de parceria que apresente benefícios para ambos os lados., de forma clara e objetiva, evitando qualquer desconfiança da outa parte.


3- Procurando a melhor forma de contactar. Primeiro sempre recomendo identificar se a entidade que você quer se conectar possui um canal próprio para esse tipo de conversa, pois isso é muito comum com influencers e grandes empresas. Porém se esse não for o caso, busque primeiro o contato normal dessa entidade, seja por e-mail ou por telefone, deixando como segunda opção buscar o tomar de decisão dessa entidade por outros meios, como LinkedIn, pessoalmente indo até a empresa, por exemplo, ou até mesmo por meio de redes sociais... Mas tome muito cuidado com essa última opção, pois é bem comum que isso não seja visto com bons olhos pelo tomador de decisão, pois você estará ultrapassando o ambiente empresarial e contactando em seu ambiente pessoal.


4- Não seja afobad@! Muita calma no primeiro contato, pois seu objetivo ali é marcar uma reunião ou uma conversa mais longa com a outra parte, então, não está na hora de falar tudo que você tem como objetivo de parceria, mas sim, gerar interesse no que você tenha a propor... porem cuidado para não usar termos que descredibilize você, como, “Tenho uma grande oportunidade para vocês”, ou, “ É algo único jamais visto antes e revolucionário”, ou coisas assim... O que eu realmente recomendo é buscar dizer que viu uma vantagem na parceria entre ambas as empresas e que gostaria de marcar um horário para conversarem sobre o assunto com mais calma, pois acredita que uma parceria pode ser uma forma simples de se tornarem mais relevantes no mercado ou algo assim...



Dica Estratégica: Veja se a empresa com que você quer fechar algum acordo já fez alguma parceria previamente, pois assim, você pode analisar de forma crítica como isso aconteceu e entender quais devem ter sido os benefícios para cada um dos lados. E até, dependendo da sua “cara de pau”, entrar em contato com a empresa que fez essa parceria e questionar como conseguiram fazer isso e se poderiam te ajudar nesse processo ou te orientar.


É só isso?


Não é bem assim... pois algumas coisas podem sair do seu controle... Veja a seguir!



O que pode dar errado?



gif


Preciso ser honesto com você que diversas coisas podem dar errado... Mas calma que nem tudo é o fim.


Como já falei mais para cima... Parcerias são como casamentos... E muitas vezes as partes não estão alinhadas e dispostas a constituir uma parceria e fechar um acordo, igualmente o fato que não é com qualquer pessoa por aí que você se dará bem e estará dispost@ a se casar. Não é mesmo?


Então não se preocupe em não dar certo logo de cara, entenda que existem diversas empresas por aí que podem ser semelhantes a aquela que era sua primeira opção, então, basta ir atras delas, pois um negócio, diferentemente de um relacionamento, tem que ter seu direcionamento de forma racional e não sentimental.


Um adendo importante aqui! Cuidado com o que eu falei acima... Isso não te dá o direito de ser imoral ou desonesto em! Faça tudo de forma extremamente correta e digna!

E até aí beleza... isso não é algo difícil de entender.


Mas agora vamos ao que você gosta! Veja os principais pontos que podem dar errado:


1- Falou com a pessoa errada. Muitas vezes você pode receber uma resposta negativa logo de cara ou ouvir aquela frase... “Vou repassar o seu contato para o responsável e ele entrará em contato com você” ... Quantas vezes já ouvi isso e nunca tive resposta... Simplesmente o que aconteceu é que você falou com a pessoa errada dentro da empresa, ou seja, isso não faz parte do trabalho dela, então não se sente na responsabilidade de te ajudar. Nesse momento você deve rever se realmente conseguir chegar até o Tomador de Decisão, ou seja, a pessoa certa que tem o poder de decidir se compensa ou não firmar uma parceria.


2- Errou no primeiro contato! Falei lá em cima para você ser humilde... Porém tome cuidado para não confundir isso com demonstração de fraqueza, pois ninguém que se aliar com alguém que demonstre alguma fragilidade. Então, busque demonstrar ser extremamente profissional e confiável!


3- Sua proposta não demonstrou vantagens reais para o seu parceiro. Isso facilmente pode ocorrer... então a melhor dica que posso te dar, é pedir um feedback do porquê a outra parte não esta interessada e aproveitando para pedir mais um momento no qual você possa apresentar uma outra proposta melhor estruturada que atinja os objetivos que tem em mente. Porém cuidado para que essa nova proposta não se torne um trabalho árduo para o seu negócio. Então analise muito bem o que te foi passado como feedback, pois pode ser um alerta para você não querer dar continuidade em tentar uma parceria com essa entidade e começar a buscar uma segunda opção.


4- Alinhamento do posicionamento. Isso ocorre muito quando o seu interesse é pelo público da outra empresa e principalmente quando estamos falando de grandes empresas e influenciadores, que não analisam apenas a proposta feita por você, mas também o posicionamento da sua marca, pois isso afeta diretamente a imagem deles frente ao mercado e seus consumidores. Então, pode ocorrer o fato de que a entidade são se conecte com o proposito do seu negócio... e assim, optem por não firmar essa parceria.


5- Objetivo. Algo que facilmente pode vir a ocorrer é o fato da empresa não esteja interessada em fazer parcerias no momento, seja por estar com o foco em outro lugar, ou pelo simples fato de não ser algo viável naquele momento. Então frente a isso, você tem duas opções... Ou desiste e vai para a próxima, ou tenta entrar em contato depois de mais algum tempo, como dali 6 meses ou até antes dependendo do comportamento do mercado.



CUIDADO COM A LGPD!


gif

Aqui vai um cuidado muito importante, que você deve prestar uma extrema atenção!


Estamos vivendo novos tempos, onde os dados pessoais têm tido cada vez mais valor... Dessa forma, novas Leis vem sendo criadas a ponto de protegerem esse bem que cada um de nós possuímos simplesmente por estar inserido na sociedade.


E é aí que fica o alerta!


Atualmente está vigente aqui no Brasil a Lei Geral de Proteção de Dados, ou LGPD para os mais íntimos... Essa lei regulamenta como as empresas podem trabalhar com os dados de seus clientes... Impossibilitando que ela passe esses dados para outras empresas, sem que o cliente de um aceite, liberando essa opção.


Aí você vai me perguntar... O que isso tem a ver com esse Canal de Vendas?


E eu te respondo que TUDO! Pois lembra que lá em cima eu te falei que a principal razão pela qual as empresas fecham parcerias é para acessar o público da outra... então... Muitas empresas simplesmente repassavam os dados de seus clientes a uma parceira, sem perguntar ao cliente dela se ele estava de acordo.


Essa é uma das razões pela qual você recebe ligações de Telemarketing de empresas que você nunca ouviu falar e que sabem pelo menos o seu nome ou endereço... Agora isso não pode mais acontecer.


Então se a razão pela qual você busca uma parceria é acessar o público dessa outra entidade, fique muito atento para que sua proposta não infrinja a LGPD.


Uma forma de evitar isso é fazer com que essa outra empresa que você tem interesse, recomende o seu produto ou o seu negócio de alguma forma, sendo ela comunicando isso aos próprios clientes e não você utilizando os dados de contato cedido pela sua parceria.


Simples assim.



Concluindo


gif


Esse é um Canal sensacional para se trabalhar no seu negócio, mas para isso, recomendo sempre você já esteja bem estruturado, a fim de demonstrar para o seu possível parceiro que não está lá apenas para se aproveitar dele, demonstrando uma postura profissional e com capacidade de construir uma parceria forte.


E ainda melhor! Esse Canal não é exclusivo de nenhum mercado ou modelo de negócio, permitindo com que todos possam se beneficiar muito se souberem administrar bem essas conexões.


Porém o ponto que considero mais “perigoso” e que você mais deve se atentar é no contrato que irão assinar de parceria, pois muitas empresas podem agir de má fé e colocar clausulas que podem te dar muita dor de cabeça. Por isso, recomendo consultar uma boa advogada ou advogado para te auxiliar na construção e análise desse contrato, interpretando todos os cenários possíveis e levantando quais devem ser as clausulas de rescisão, ou seja, clausulas que podem ser acionadas por ambas as partes a fim de encerrar a parceria caso alguns fatores venham a ocorrer.


De coração... Se atente bem a esse fator!


De resto, basta ser honesto e realmente construir uma parceria transparente e forte, visando sempre o ganho pelos dois lados, assim, ninguém sai se sentindo prejudicado.


E mais uma vez... Não tenha pressa! As vezes uma parceria pode sim demorar para ser firmada, então muita calma e não fique forçando o outro lado, pois isso pode sim te afastar do seu objetivo. Até, recomendo você definir alguns prazos para você gerar algum resultado e não ficar perdendo tempo com alguém que esteja indeciso ou te enrolando.


Lembre, você é empreendedora/empreendedor e não tem tempo a perder!


Bom, espero ter ajudado mais um pouco e te convido para ver outros dois canais de vendas sensacionais: E-Mail Marketing e Programa de Afiliados para o seu negócio.


Acesse aqui:


E-Mail Marketing [Tudo que você precisa saber]


Programa de Afiliados como Canal de Vendas para o seu Negócio